Este blog é uma fanfic coletiva inspirada no universo de Harry Potter, pertencente a J.K. Rowling, mostrando as aventuras paralelas de personagens originais, durante a sua permanência em Hogwarts.
Os eventos do Magic se passam durante a década de 70, mais precisamente no ano de 1975, quando os Marotos frequentavam o quarto ano em Hogwarts.

Correio-Coruja






Nome: Callista Graham
Apelido: Cal
Idade: 14 anos
Ano Escolar: 4º ano
Posição no Quadribol: Artilheira
Objeto Especial: Minha varinha, símbolo de que sou bruxa!
Desilusão: Ter claustrofobia e não conseguir ficar em lugares muitos fechados. Só seus amigos sabem sobre o fato que ela ficou soterrada quando criança e que toma uma poção da Madame Pomfrey todos os meses para poder conseguir assistir as aulas...
Aparência: Cabelos castanhos ondulados e olhos lilases. Seria considerada comum e normal se os olhos não chamassem tanta atenção.
Personalidade: Personalidade e opinião fortes, difícil de convencer (praticamente uma cabeça dura). Tem que provar que está errada, mas se o fizer será sempre muito respeitado por ela. Pouco estudiosa, mas sabe muito bem as matérias que gosta. Adora os amigos e em Hogwarts sente sua 2ª casa.
Animal de Estimação: Uma coruja negra chamada Hipólita.






Nome: Liv Joanne Spellman
Apelido: Não tenho
Idade: 14 anos
Ano Escolar: 4º ano
Posição no Quadribol: Artilheira
Objeto Especial: Um anel dado pela minha mãe - herança de minha avó. Vem passando pelas mulheres da família há séculos!
Desilusão: Não ter irmãos e não ter conhecido os avós.
Aparência: Baixinha, magra, cabelos negros, compridos, ligeiramente ondulados, olhos azuis. Muito bonita, chama atenção por onde passa. Talvez pela herança élfica de seus antepassados...
Personalidade: Estudiosa, cdf, porém arteira, moleca, brincalhona. Gosta de jogar quadribol e pregar peças nos amigos. É sincera e honesta, divertida, e defende seus ideais e seus amigos com unhas e dentes. Não mede esforços para alcançar seus objetivos. É determinada e corajosa, doce, meiga e companheira. Um tanto irritada e explosiva. É uma menina muito popular na escola.
Animal de Estimação: Uma gatinha branca persa, a Lúthien.






Nome: Andrey Storm
Apelido: Andy
Idade: 15 anos
Ano: 5º ano
Quadribol: Apanhador e capitão do time.
Objeto especial: Uma capa da invisibilidade.
Desilusão: Ter uma irmã na sonserina.
Aparência: Alto, cabelos castanhos claro, olhos cinzentos. Muito bonito. Pele branca.
Personalidade: Ele é um menino de boa índole, mas personalidade forte. Bom amigo, fiél, companheiro. Simpático, inteligente, sempre de bom humor. Dedicado aos estudos e a tudo o que se propõe fazer. Humilde e modesto.
Animal de estimação: Uma coruja-das-torres chamada Penélope.






Nome: Stephen Ludwig Parott
Apelido: Lud
Idade: 15 anos
Ano Escolar: 5º ano
Posição no Quadribol: Batedor
Objeto Especial: Um pequeno caderno preto, não é de valor, mas foi presente de sua mãe.
Desilusão: Não ser respeitado como deveria sendo herdeiro de uma das mais tradicionais familias sangue-puros.
Aparência: Alto, branquelo, com cabelos loiros e lisos na altura do olhos azuis.
Personalidade: Quieto, reservado e - de vez enquando - falso. Restrito a pequenos grupos de amigos e sempre está anotando coisas no pequeno caderno preto.
Animal de Estimação: Uma coruja branca das neves fêmea chamada Mandy.






Nome: Maximillian Fierman Lonen
Apelido: Max
Idade: 14 anos
Ano Escolar: 4º ano
Posição no Quadribol: Batedor
Objeto Especial: Minha varinha, sem ela, o que seria de mim?
Desilusão: Ah, não tantas... Mas confesso que meu orgulho ficou ferido quando não fui a casa dos inteligentes, porque sei que sou bastante... Mas a quem diga que meu orgulho é ainda maior.
Aparência: 1,76 de altura, 77 kg, olhos azuis, cabelos pretos e lisos e até um pouco acima do ombro.
Personalidade: Orgulhoso ao extremos, se ceder a algo ou alguém, é porque considera muito a pessoa, ou então está de MUITO bom-humor. Em geral é bem humorado e não possui o preconceito habitual por grifinórios, apenas por aqueles que não gosta (A maioria, huahuahua!)
Animal de Estimação: A minha coruja Freya, mas quando vou ao jardim, uma raposa se junta a mim. Já até dei nome a ela: Íris.






Nome: Juliet Dorthly
Apelido: Juli
Idade: 14 anos
Ano Escolar: 4º ano
Posição no Quadribol: não joga, torce de passagem para um "certo goleiro".
Objeto Especial: A pena, presente da mãe.
Desilusão: Saber que com aquele-que-não-deve-ser-nomeado livre, nunca terá certeza se o pai voltará para casa.
Aparência: Altura normal para uma garota, loira, olhos azuis, a pele tão clara que ruboriza quando ri.
Personalidade: É alegre e estudiosa, apesar disso parecer contradição. Está sempre com um livro por perto, mas larga-o de bom grado para ajudar um amigo.
Animal de Estimação: um gato chamado "Miau".






Nome: Kysen Amoy Horpais
Apelido: Sheik, faraó... os amigos brincam com a origem dele.
Idade: 15 anos
Ano Escolar: 5º ano
Posição no Quadribol: Goleiro. (Modéstia a parte, bom)
Objeto Especial: Uma urna funerária, de um dos membros mais antigos da família.
Desilusão: ser menosprezado por suas origens.
Aparência: É um rapaz bonito de pele morena, alto, cabelos negros e cacheados maior que a maioria dos rapazes e olhos escuros. Um físico que denuncia a descendência árabe.
Personalidade: Inteligente sem grande esforço é reservado como o pai em seus assuntos pessoais, mas brincalhão com os amigos e conhecidos. Paquerador, mas leal: não excede o número de 4 "protegidas" ao mesmo tempo. Não ver problemas de ter mais de uma namorada lhe rende algumas confusões.
Animal de Estimação: Um falcão chamado Nuha, presente de sua avô materna (significa prudente, de fala inteligente em homenagem a ela).






Nome:: Elizabeth Chevallier Lindenberg
Apelido: Lizzie
Idade: 15
Ano Escolar: Quinto
Posição no Quadribol: Artilheira
Objeto especial: Um anel que contém uma serpente com olhos de esmeralda, que fica guardado em sua gaveta, presente de seu avô, um ex-sonserino.
Desilusão: Ver que sua irmã é tão infantil e patricinha.
Aparência: Alta, olhos cinzas, cabelos loiros lisos levemente ondulados.Tem um corpo esbelto, é realmente linda e tem a aparência delicada, embora não a seja.
Personalidade: Elizabeth é uma garota extremamente teimosa e decidida. Sempre consegue o que quer. Diferente da irmã, Catherine, nunca se interessou por futilidades. Tem tendência e perder a paciência com lufa-lufanos e gosta de "praticar" maldições e azarações em primeiranistas desavisados. Quando está em casa sempre consegue irritar seu pai, que a deixa de castigo. Orgulhosa, gosta sempre de dar a última palavra. Adora quadribol. Tem habilidade em duelos e é excelente em preparo de poções. Ainda contra a criação que lhe fora imposta, a menina não se preocupa com questões de sangue. Claro que todo o convívio com a família lhe impôs um certo nojo por pessoas de sangue-ruim. Apesar de não ser um modelo de aluna sempre passou com méritos em todas as matérias. É sempre cabeça-dura, mas também é bem-humorada e divertida. E tem o seguinte lema: não me incomode que eu não te mando pra ala hospitalar.
Animal de estimação: Uma coruja acinzentada chamada Hades, que é extremamente inteligente e temperamental.






Nome: Anita Fieramosca
Apelido: Nita - bom, pelo menos é o único publicável...
Idade: 14 anos
Ano Escolar: 4º ano
Posição no Quadribol: Eu poderia ser uma grande batedora, se eu quisesse...
Objeto especial: Meu canivete mágico.
Desilusão: Não ter conseguido entrar como batedora no time....
Aparência: Estatura média, olhos verde-esmeraldas faiscantes, cabelos louros displicentemente jogados nas costas.Sou meio estabanada, mas sempre tento ser a mais elegante da sala. Tenho uma cicatriz no joelho esquerdo, de um tombo que tomei.
Personalidade: Não tenho papas na língua e falo exatamente o que estou pensando - exceto se é mais proveitoso que eu fique calada. Sou espevitada, e não fujo de brigas. Apesar de um tanto maliciosa, eu sei exatamente o que falar e para quem falar na hora de falar. Estudar não faz parte da minha vida - e nem por isso eu sou a última em todas as matérias Eu não sou exatamente comportada, e isso quer dizer que se eu não gosto de você, há uma enorme chance de você ser a próxima vítima de minhas *inocentes* brincadeirinhas. Sou devotada ao meu irmão mais velho, Ramón Fieramosca, e sei que ele é inocente, não importa o que uma banca babaca de aurores diga que ele tenha feito, pois eu sei que ele não seria capaz de assassinar ninguém! E não tolero que alguém diga qualquer coisa mal intencionada sobre ele!
Animal de estimação: Hat, o gato. - que pra nada serve.






















Harry Potter, nomes, personagens, lugares e demais fatos relacionados são propriedade de J.K. Rowling, Warner Bros, Bloomsbury, Scholastic, etc. Este site não possui fins lucrativos.




Layout by Liv Spellman - Exclusivo para o Magic Past. Proibida cópia e/ou reprodução.

Art utilizada no lay out by Tina Ling

This page is powered by Blogger. Isn't yours?




quarta-feira, novembro 30, 2005


De manhã bem cedo...

Era ainda cedo e poucos alunos estavam tomando café-da-manhã, a maior parte que se encontrava lá era da Corvinal, alunos dedicados que aproveitavam a maior parte do tempo para estudar e obter mais conhecimento. Callista tinha acordado cedo não se espantou ao ver Lilian Evans sentada na mesa da grifinória lendo. Para sua felicidade viu que seu irmaõ também já estava acordado e foi até ele, não queria interromper a leitura da colega.

- Bom dia irmãozinho! - Ela disse o abraçando pelas costas e dando um beijo no rosto dele.

- Bom dia. Caiu da cama?

- Na verdade fui expulsa. E para a minha infelicidade não consegui dormir de novo.

A grifinória sentou e apoiou a cabeça no ombro do irmão, ainda sentindo o sono perdido. Gostava de ser mimada por ele em alguns momentos e naquela hora queria isso. Ainda não tinha esquecido o treino da lufa-lufa e as lufetes.

- Irmãzinha, eu diria que você quer colo. - Ele falou fazendo um carinho na cabeça dela. - Recebeu a carta da mamãe? Vamos ganhar um primo!

- Eu li. - Ela disse sentando e pegando uma torrada. - Mas do que adianta se não podemos conhecê-lo.

- Isso vai mudar algum dia, você sabe. - Ele colocou suco no copo da irmã.

- Espero, pois nosso ?avô? não parece ser uma pessoa amorosa.

A conversa dos irmãos foi interrompida por um rapaz loiro que parou ao lado da grifinória.

- A quem devemos a ilustre visita? Bom dia Tim, oi Cal.... - O corvinal não conseguia esconder que gostava da grifinória, ele só tentava se segurar por causa do amigo.

- Bom dia Soren. - E sorriu mais ao ver o rosto sério do irmão.

Não querendo dar margem para discussões na mesa o rapaz não sentou ao lado da garota, mas isso não o impediu de ficar olhando para ela volta e meia. Com um brilho no olhar ele sem lembrou quer queria perguntar para a grifinória.

- Vocês já viram os anúncios avisando que irá ter um concurso de dança no dia da festa de Halloween? Poderá ter casais de casas diferentes disputando. E eu pensei...

- Não, não pensou. - Tim o cortou secamente. - Quase nunca pensa. Irmã, me dá licença por favor. Acho que a Liv já está na sua mesa.

Ela deu um beijo no irmão e saiu logo, não queria ouvir mais uma vez ele falando sobre ?Ela é muito nova para namorar?. Sabia que Soren iria chamá-la para ser seu par e seu super-protetor-irmão iria matá-lo se ele tentasse. Ela sentou ao lado da amiga, que a olhava com o rosto de interrogação.

- O que foi aquilo na mesa da corvinal?

- Soren estava quase me chamando para ser o par dele no concurso de dança e o Tim o cortou.

- Te convidando? Colocaram os avisos hoje e ele já ia te chamar? - Liv olhou discretamente para a mesa da lufa-lufa, preocupada.

- Pois é... Eu nem li ainda o que está escrito. Algo interessante?

- Nada demais, só o fato de poder casas de casas diferentes e ser qualquer tipo de música. Pela quantidade de garotas em volta do Sirius e do Tiago você vê que o Soren não foi o único apressadinho.

- Acho que isso vai dar briga. Mas no momento me preocupo com a futura aula com o chato do Snape. Ele me mandou uma coruja marcando a primeira aula.

Liv tentava pensar em algum modo de ajudar sua amiga, ela ia achar alguma solução nem que azarasse o Ranhoso para que eles se comportasse bem.


Cal às 08:15 h




segunda-feira, novembro 28, 2005


Yeah... You had a bad day!

Maximillian Fierman andava devagar e de cabeça baixa pelo jardim de Hogwarts, parando esporadicamente para sentar e pensar com a cabeça virada para cima dessa vez. Os últimos acontecimentos não tinham sido nada felizes para ele, pelo menos, Graham estava melhor da crise de claustrofobia, Parrot e Darkheart planejavam a vingança contra Graham com profundo entusiasmo, além de tirar sarro de Max: Hohoho, apontou a varinha para mim e ainda perdeu a garota, Lonen? Bem feito!, Liv vivia a vida de sempre, mas Max só teve a perder.

Além das piadas dos sonserinos, ele acabou por ter uma ponta de esperança no relacionamento com Liv, mas ela jogou tudo abaixo, quando na volta à aula de Poções, ela parou para admirar com uma cara triste, porém fascinada, Remus Lupin, deixando Max andando e falando sozinho, como se ele preferisse a companhia do granito à dela.

Não estavam lá tão bem no quadribol e Max ainda levara uma bronca de Slughorn por ter derrubado alguns vidros contendo ingredientes. Para deixar tudo ainda pior, sua irmã, que é professora de Astrologia, lhe avisou que seu pai mandou que ficasse na escola durante o período do feriado de Natal e que ficaria sob tutela de sua irmã. E Liv estaria tão longe!

Parece que todas as investidas do garoto não funcionavam na pequena e encantadora grifinória. Ou até funcionavam, mas de repente, do nada, ela desistia e ia babar nos pés de Lupin. Qual era a dela?, ele pensava enquanto os seus lindos olhos azuis não saiam de sua cabeça.

Não era um verdadeiro amor, ele sabia, na verdade não era nem mesmo uma média paixão, classificaria como uma paixonite, quem sabe?... Mas que os olhos azuis da garota que ele vinha tentando conquistar desde a volta as aulas não saiam de sua cabeça, ah isso não saiam!

O garoto tropeçou, seus cabelos pretos lhe caiam pelo rosto a medida que alguns se apressavam a ver porque que o sonserino não se recuperara. Liv não estava entre eles, nem Parrot ou Darkheart, eram só alguns lufanos com seus distintivos e gravatas pretas e amarelas. Horripilante, definitivamente, lufanos não eram o que Max queria naquele momento.

Saiam! O que há? Nunca viram? Eu sei que cabelos mais sedosos do que os meus é difícil de achar e cara mais pintoso também, mas ser admirado cansa, sabiam? Então,movimentem-se! Vamos!

Foi quando ele sentiu alguém chegar por trás, porém decidiu não virar o rosto para descobrir quem era. Ele sentia um perfume gostoso, leve, um pouco etéreo, foi quando uma mão tocou se ombro, tinha um anel e a mão mais macia do que qualquer outra. Se virou e aproveitou a ajuda oferecida por Liv para se levantar. Os dois olhos azuis se encontraram.

O que faz aqui, sonserino? Ela sorriu marotamente. Vários homens fracassaram enquanto estavam caídos, outros caíram apenas após fracassados. Mas, de qualquer forma este não é o lugar para você. Vamos! Ela puxou o sonserino. Machucou alguma coisa? Os joelhos? A pedra em que tropeçou não era nada pequena.

Não, eu estou bem. Na verdade muito melhor agora que você apareceu. Vamos, Liv, me diga o quer, princesa? Eu ou Lupin? É a sua decisão, mal agüento respirar com tal excitação! Você me joga no chão com todo esse suspense!

Ora, Max! Pare de ser melodramático! Max avançou na garota e lhe encostou na parede, ameaçando lhe dar um beijo quando quisesse.

Liv, a questão é que eu quero você! De qualquer modo, e eu não sei como diabos conseguir!

Ah, é mesmo? Ela forçou uma cara cínica e saiu por debaixo dos braços de Maximillian. Então continue procurando... Quem sabe um dia você acha? E saiu para falar com algum professor deixando Max sozinho, encarando a parede.


Max Fierman às 20:33 h






Novo endereço

Como estávamos tendo muitos problemas de acesso com o provedor antigo, decidimos mudar de endereço.

Bem-vindos ao nosso novo lar!

^^


Liv Spellman às 20:04 h



<body>